sexta-feira, 18 de maio de 2012

Segunda Crepypasta: O filme cancelado da Nickelodon





Oi gente, esta eh a segunda crepypasta aqui do NY, oba! Enfim, eu nao quis colocar uma foto que de muito medo porque eu nao gosto de amedrontar (muito) as pessoas. Enfim, recomendo esta crepypasta para pessoas maiores de pelo menos 10 (pelo menos isso, pois o texto mesmo acho que era para uma idade com acima de 14, mas como tenho 11 e li :/ ) e antes de tudo tenho que dar este pequeno aviso: Antes de ler ou repassar para alguem, leia este recadinho:
"O que você lerá a seguir é uma creepypasta, que são lendas modernas difundidas pela internet, por fóruns, e-mails e redes sociais. Normalmente podem ser fictícias, sem provas ou fontes confiáveis, ficando assim apenas como um conto de terror, mas… e se forem reais?
 Artigo não recomendado para pessoas sensíveis ou com problemas cardíacos."




Já parou pra pensar que quanto mais vezes você assiste um desenho da Nickelodeon, mais sombrio ele parece ficar? Bem, o que você verá é muito parecido com isso...


Um amigo meu trabalhava no estúdio. Eu nunca me lembrei do que ele fazia lá, mas eu me lembro de que ele trabalhou no estúdio por algum tempo. Isso foi na época em que Hey Arnold: O Filme foi lançado, e ele me disse que depois do filme, a Nickelodeon planejava fazer três coisas:

- Uma nova temporada de Hey Arnold com um enredo mais atualizado e que não haveria conexão com a série original (CANCELADO).

- Uma nova série em live-action que se passava em 1990, com um estilo bastante sombrio (parecido com “Clube do Terror”) sobre crianças que viviam em um beco sem saída (CANCELADO)

- Um filme de TV baseado na série em live-action cancelada.

Bem, enquanto as duas séries foram canceladas, o filme permaneceu nos projetos. Eles queriam voltar para a década de 90 com este filme, e teriam conseguido. Meu amigo me contou sobre a contratação de escritores de seriados infantis e sombrios para escreverem o filme, intitulado "Grimland". Aparentemente, havia uma disputa entre vários escritores, levando a execução do projeto. Ele me disse que teve a chance de ver como era a produção. Gravei algumas partes de nossa conversa, porque seu estado parecia piorar desde que ele mencionara o filme pra mim pela primeira vez:

“O filme ’Grimland' se tratava sobre a década de 1990 e sobre as merdas assustadoras que haviam na TV naquela época. Eu me opus à idéia da nova temporada/reinicio de Hey Arnold, porque o plano era colocar os personagens em temas mais adultos... Os avós de Arnold teriam morrido depois do filme, fazendo com que Arnold tivesse problemas em sua vida. Helga se torna extremamente obcecada com Arnold ao ponto onde, no primeiro episódio, ela se enxerga pesadamente grávida com o filho de Arnold (ela vê um bebê com uma cabeça de futebol em forma de uma sonografia, onde no final da 1ª temporada, ela teria o bebê.). Isso se tornaria uma espécie de ‘piada recorrente', onde Helga desfrutaria cada momento de sua suposta ‘gravidez’, esfregando-a na cara de Arnold e tentando forçá-lo a se casar com ela por causa do bebê, para o que ele se recusava. Ela esfregaria constantemente sua barriga, perseguindo-o profusamente, ao contrário do medalhão com sua foto como na série original. Segundo o script, ela diria em um ponto dos episódios: ‘Devido às suas ações descuidadas, agora tenho um pedaço de você dentro de mim’. Gerald iria juntar-se a um grupo de pessoas para trabalharem intensamente na produção da série. Esta série nunca seria direcionada para crianças, devido não só às mudanças de personagens (especialmente com a gravidez de Helga), mas também ao fato de que haveriam temas mais adultos para a série, incluindo indicações do Sr. Simmons ser homossexual, Curly (o psicopata da escola) matando animais, lesbianismo, intercursos sexuais, e tantos outros. Fico muito aliviado pelos executivos nunca colocarem-na no ar..."

Depois de um tempo, fiquei curioso. Perguntei a ele sobre a segunda série, e ele me disse: "Não deu em nada. Bem... Isso é uma mentira. Eles a transformaram em um filme". Isso me intrigou bastante. Perguntei se o filme chegou a ir ao ar: "Nem pensar! Quero dizer, o filme havia sido gravado, editado e tudo mais, mas há uma GRANDE RAZÃO dessa porra nunca ter ido ao ar!". Seu argumento deixou bem claro para mim que alguma merda muito estranha havia acontecido. Notei que seu rosto estava muito pálido, então lhe aconselhei para ir pra casa dormir um pouco. Recebi um email dele recentemente, e decidi incluí-lo aqui, já que o email é bem relevante.

"Ei cara, eu não tive um pingo de sono ontem. Todas essas memórias começaram a se infiltrar em meus sonhos. Eu quero deixar bem claro que sim, eu vou te dizer tudo o que posso te dizer, mas há um ponto onde toda essa merda termina, cara! Falo com você mais tarde. Preciso tentar dormir um pouco..."

"O que posso te dizer sobre 'Grimland’? Bem, primeiro havia a equipe de roteiristas. Todos eram anfitriões de seriados obscuros e desconhecidos, o que era estranho para uma rede como a Nickelodeon contratar cerca de 10 ou 11 deles para um filme. Outra coisa eram as idéias que eles tinham. Quais foram as idéias? Bem, vamos ver, em primeiro lugar a abertura era completamente maluca. Tudo começou com duas crianças em uma noite de Outono de luar (nevoeiro pesado e tudo mais, e algumas coisas irreconhecíveis no meio do nevoeiro) correndo pelas ruas de uma cidade. Um tropeça e cai, e pede para seu amigo ajudá-lo. Há uma cena do filho da puta sendo arrastado por alguma coisa, gritando, já que seu amigo imbecil ficara um bom tempo contemplando-o sem fazer absolutamente nada para ajudar. Em seguida, um barulho de carne sendo rasgada e amassada pode ser ouvido, e os gritos pararam, como se alguém estivesse comendo o garoto vivo. Em seguida, o outro garoto sai andando, e o título do filme aparece. O que diabos eles estavam pensando quando fizeram aquilo?! Bem, eles acabaram usando ESSA abertura, mas o script fora um pouco alterado. Uma dessas alterações era que o personagem principal era um adolescente de 13 anos com um pai abusivo, e o outro, um adolescente de 16 anos solitário, sem família nenhuma. Agora havia conflito, mas alguns dos roteiristas tinham algumas idéias e indicações muito boas. E então as coisas ficaram esquisitas, como a explicação da importância do nevoeiro pesado da abertura, mas isso nunca chegou muito longe a ponto de passar. Bem, havia algumas lutas, alguns chingamentos do tipo 'Foda-se’, e mais algumas coisas tão mínimas e bizarras que não me recordo mais. O resto, em ‘memória dos escritores falecidos’, usava alguns personagens como referencia. O script explicava que o pai do garoto de 13 anos havia abusado sexualmente de uma garota, fazendo com que ela se convertesse para a bruxaria. O garoto solitário teria uma relação com uma das personagens (a menina bruxa, pra ser mais exato), engravidando-a por estupro em uma cena mais ou menos na metade do filme, resultando no garoto acabar com os miolos espalhados no chão, por meio de um suicídio forçado. Havia contagens elevadas de sangue, mutilação, sadismo, essas merdas em todo o lugar! E o maldito executive PERMITIU que essa merda passasse!"

Depois de um tempo, eu lhe disse que deveriamos parar e mudar de assunto. Ele disse, e eu tenho quase certeza que gravei isso na fita; ele disse que: "Eles queriam MATAR todas as crianças! As coisas que não podiam ser vistas no meio do nevoeiro na abertura, eram canibais hipnotizados por aquela filha da puta. Todos eles foram descritos em detalhes gráficos, cada cena, cada personagem, TUDO! E o dia em que as filmagens começaram ainda me assombram..."

"Bem, no início das filmagens, eles escolheram os papéis PERFEITAMENTE! A cena de abertura foi gravada em meados do final de Novembro. A produção era um show de horror. Quero dizer, merdas bastante gráficas. Mas você quer saber o que era mais assustador? Eles gravaram uma cena onde a garota bruxa, de seis anos de idade, é obrigada a ver seu próprio pai tirar suas roupas e molestá-la. Eles basicamente gravaram uma cena de pornografia infantile, de pedofilia, para um filme da Nickelodeon! O executivo ficou sabendo disso e imediatamente exigiu que a cena não fosse usada. O diretor ficou puto, e ele queria vingança… Ele fez com que o pessoal gravasse umas cenas violentas pra caralho, cara. As mortes descritas no script já eram horriveis, mas quando elas puderam ser VISTAS, fiquei tão enojado com as cenas que eu praticamente vomitei. No dia seguinte, dei o fora daquele lugar do caralho. "

Isso aconteceu a alguns meses atrás. Quando eu perguntei a ele sobre o filme, ele disse: "Provavelmente está em algum lugar no meio dos arquivos. Que Deus tenha piedade da alma daquelas pessoas..." Mas uma coisa que ele se lembra perfeitamente é a cena do suicídio forçado, a cena que não foi “encenada”. Perguntei aos estudios da Nick sobre este filme, e eles basicaente me expulsaram de lá.

Meu amigo se matou alguns dias depois; sua carta de suicidio afirmava que os sonhos estavam ficando cada vez piores, e isso estavam acabando com seu sono cada vez mais. Ele não conseguia mais lidar com aquilo, e só disse no final da carta que amava sua mãe acima de tudo. Ele se enforcou em uma árvore de seu quintal. Em sua memória, eu quero encontrar esse filme, qualquer que seja a maldição e os pesadelos que o filme pregou nele, parecem ter chegado a mim. Estou determinado a encontrar este filme, nem que ele me leve para o túmulo...

2 comentários:

  1. Tem selinho pra você la no blog
    Beijinhos Shey
    blogjustall.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Participa do blog da semana no meu blog! o ganhador vai ficar uma semana em divulgação basta:

    Seguir o blog publicamente.

    Regras da inscrição:

    * Ter banner
    * E responder as perguntas a seguir perguntas nesta postagem :

    http://cherryepop.blogspot.com.br/2012/05/se-organizando-para-o-proximo-blog-da.html

    Nome do blog:
    Quantidade de seguidores:
    Link do seu blog:
    Nome do seguidor:

    Viu como é fácil? ah! e quem apenas participar mesmo sem ser escolhido vai ganha um selinho e eu seguirei um por um.

    xoxo
    http://cherryepop.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

ATENÇÃO !
Não é permitido xingar , falar mal nem ameaças .
Obrigada pela Atenção :)